Categoria: Família Doroteia

CAPÍTULO GERAL XXII – ABRIL

PROVÍNCIA PORTUGUESA

ORIGEM

Data de Chegada: 
16 JUNHO 1866

NÚMEROS

Comunidades: 19

Irmãs: 192

MISSÃO

Lisboa

Bragança, Coimbra, Covilhã, Évora, Fátima, Linhó-Sintra, Loulé, Oliveira do Douro-Gaia, Porto, Recardães, Seixal, Vila do Conde e Viseu.

PALAVRAS DE SANTA PAULA

Agora é preciso rezar muito pelas Irmãs que iniciarão a viagem, para que o Senhor as encha do seu Divino Espírito Santo e as transforme em fachos ardentes que, onde toquem, acendam o fogo do amor de Deus (Carta 241,2).

ORAÇÃO

Neste mês de abril, em que celebramos a Páscoa do Senhor Jesus e a nossa, somos convidadas/os a rezar pela missão das Irmãs e Leigas/os da Província Portuguesa!

Agradeçamos ao Senhor Jesus, a Família Doroteia que somos, e que com entusiasmo, compromisso e dedicação queremos ser presença deste Deus que quis viver como um de nós e agora caminha connosco “ensinando-nos não só o caminho, mas também a maneira de o percorrer, sustentando-nos ainda nos passos mais difíceis” como nos diz Santa Paula.

Pedimos a Jesus Ressuscitado, que nos dê a graça de vivermos segundo a Boa Nova do Evangelho, para que outras/os se sintam atraídas/os e venham fazer parte da nossa Família Doroteia ao serviço do Reino, promovendo a justiça, a fraternidade e a paz!

CAPÍTULO GERAL XXII – FEVEREIRO

Curiosidades dos Capítulo Gerais

Desde o início da nossa Congregação, realizaram-se 21 Capítulos Gerais, sendo o 1º ainda em vida da Fundadora, Paula Frassinetti, no ano de 1876 (29 Set.-9 Out.), em Roma.

As Comunidades então existentes situavam-se em Itália (Génova, Roma-Estado Pontifício, Bolonha e Nepi), Brasil (Recife) e Portugal (Lisboa, Covilhã e Porto), para onde a Fundadora enviara Irmãs em 1866.

Palavras de Santa Paula

Em carta dirigida às Superioras, com a data de 16 de Fevereiro de 1877 escrevia:

«Em todo o tempo, louvemos, bendigamos e rendamos graças a Deus Nosso Senhor que, pela sua misericordiosa Providência, nos concedeu a graça ardentemente desejada de reunir pela primeira vez em Congregação Geral o maior número de Irmãs professas que, pelas circunstâncias dos lugares e dos tempos, foi possível.

 A Visita por nós feita pessoalmente às diversas Casas da Europa fizera-nos sentir vivamente a necessidade de dar, deste modo, a última demão à obra para a qual Nosso Senhor se dignou servir-se da nossa humilde pessoa, providenciando assim para que ao Instituto não faltassem as necessárias garantias de estabilidade, no futuro (…) conservar-se uma Congregação destinada ao sublime e último fim da glória de Deus e da santificação própria por meio de boas obras, dirigidas também à eterna salvação do próximo.

As nossas e vossas orações para tal fim foram atendidas pelo nosso benigníssimo Deus» (Carta 791,1-3).

Missão

Hoje como ontem, «Pela nossa missão na Igreja somos enviadas a evangelizar através da Educação, com preferência pela juventude e pelos mais pobres» (Const,.26); então a missão era realizada através de escolas, catequese e a chamada Pia Obra de Santa Doroteia.

Nesta hora, e com toda a Família Doroteia, rezemos a oração do Capítulo pedindo luz, clareza e disponibilidade ao querer de Deus para a Congregação:

Boas Festas 2020

Querida Família Doroteia e Amigos/as

Neste Natal tão especial e tão único, sintam-me unida a todos/as a desejar viver o Natal do Menino de Belém, assim:

Viver o espírito de Natal é construir a fraternidade no quotidiano com a simplicidade e a singeleza do Menino de Belém….

Viver o espírito de Natal é construir uma sociedade onde todos têm “lugar” com a dignidade que o Menino de Belém veio trazer ao encarnar neste mundo…

Viver o espírito de Natal é criar silêncio dentro de nós que grita ao mundo que Deus se fez Menino de Belém para nos “dar vida e vida em abundância”.

Viver o espírito de Natal, este ano, é vivê-lo mais por dentro e descobrir que a essência do Natal é mesmo descobrir o Menino de Belém dentro de cada um/a de nós e oferecê-l’O a todos com os nossos gestos de amor…

Viver o espírito de Natal é fazer companhia silenciosa e humilde a Maria Mãe de Jesus e Mãe nossa que nos entrega o Menino de Belém para ser Deus connosco…

Um Santo e Feliz Natal para todos/as

Maria da Conceição Oliveira,ssd

Aniversário da ESE Paula Frassinetti

No dia 22 de outubro a Escola Superior de Educação de Paula Frassinetti celebrou 57 anos. A ESE de Paula Frassinetti nasceu para dignificar a infância, promover a emancipação profissional das educadoras e impregnar a educação de um estilo peculiar – o jeito de Paula Frassinetti.

Ao longo de quase seis décadas enfrentou e venceu muitos desafios e fez aprendizagens várias. Neste ano de pandemia a Escola procura responder às novas circunstâncias.

Veja a entrevista ao Porto Canal, onde falamos sobre os Desafios Educação de Infância nestes tempos atípicos porque, apesar dos constrangimentos, ousamos crer que o novo ano letivo acontecerá por meio da construção de comunidades abertas e felizes… para a transformação do mundo.

INSTITUIÇÕES DOROTEIAS FORAM NOTÍCIA…

“Regresso às aulas em escolas religiosas: um tempo que pode ser ‘fantástico’, na confiança comum e contra o medo” – o nosso Colégio Nossa Senhora da Paz foi notícia no “7 margens“. Vejam a notícia completa:

Também a SEIVA, Associação ao Serviço da Vida foi notícia no Jornal da Tarde da RTP. Uma reportagem sobre os Curso de “Português para migrantes” que estão a decorrer nas nossas Instalações. Revejam a reportagem:

Tema do ano 2020-2021

Somos chamados a CONSTRUIR COMUNIDADES ABERTAS E FELIZES PARA A TRANSFORMAÇÃO DO MUNDO:

Abrindo-nos à mística do encontro através de relações de amizade entre nós e com os outros que exprimam a possibilidade de uma partilha gratuita do dom e Deus na vida, na oração e na missão.
Reconhecendo os leigos como parte da nossa identidade carismática e sendo com eles agentes de transformação numa missão comum. (Doc. Capítulo Geral XXI)

Nós só temos um poço, mas, enquanto houver água para nós, haverá também para vós. (…) não deixou fugir a oportunidade de fazer algum bem àqueles pobres soldados e, recolhendo todas as medalhas de Nossa Senhora que pôde encontrar em casa, distribuindo-as por aqueles jovens, ao mesmo tempo que lhes dava santos conselhos. (Santa Paula Frassinetti)

A porta da felicidade abre-se para fora, quem a abre para dentro bloqueia-a irremediavelmente. Kierkegaard

C@mpus_Netti

O CAMPUS 2020 VEM ATÉ TI! [23 A 26 JULHO]

A equipa dos Campusfrassi.net tem acompanhado com atenção todas as orientações e recomendações da DGS, bem como a evolução da situação pandêmica nacional. Assim, e tendo em conta todas as incertezas desta situação, constatámos que, neste Verão, não existem condições para assegurar a realização dos Campusfrassi.net nos moldes que todos conhecemos. No entanto, sentimos que esta missão pode acontecer de outras formas criativas, mantendo o contacto com todos os que, ano após ano, sonham com a semana dos Campus.

Assim sonhamos um Campus em que a Família é a principal protagonista… os Campus chegam agora às vossas casas! O desafio é o de todos nos disponibilizarmos para viver um fim-de-semana diferente, participando em atividades pensadas especialmente para cada família. Deste modo iniciaremos no dia 23 de julho, ao fim do dia, com um momento de “lançamento” por videoconferência na plataforma Zoom. Aí todos nos encontraremos para iniciar este Campus, onde o desafio implicará passar da distância à proximidade … do meu ao nosso … da ação à compaixão!

A partir daí, nos dias 24, 25 e 26 de julho haverá propostas para cada dia, e que implicam alguns momentos Zoom para lançar e contar as aventuras do dia, participar em momentos de grande grupo e viver momentos de oração. Os dias serão vividos a realizar as surpresas pensadas pelos nossos Animadores, que já andam a preparar toda a logística. 

Cada participante deve inscrever-se nos mesmo grupos do ano passado, e as inscrições serão nos dias 16 e 17 para os Vigias; 18 e 19 para os Freixos e 22 e 23 de junho para os Faróis.

Leiam aqui os Termos e Condições de Participação, que tem características próprias à modalidade que propomos .

Até breve!

X