PASSAR do medo à confiança: DOMINGO DA ASCENSÃO

Palavra do Evangelho

Conclusão do santo Evangelho segundo São Mateus
Naquele tempo, os Onze discípulos partiram para a Galileia, em direcção ao monte que Jesus lhes indicara. Quando O viram, adoraram-n’O; mas alguns ainda duvidaram. Jesus aproximou-Se e disse-lhes: «Todo o poder Me foi dado no Céu e na terra. Ide e ensinai todas as nações, baptizando-as em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo, ensinando-as a cumprir tudo o que vos mandei. Eu estou sempre convosco até ao fim dos tempos». (Mt 28, 16-20)

Noticia

Após 50 dias, profissional de saúde abraça a filha

Esta imagem emocionante mostra o momento em que uma assistente social Norfolk, Reino Unido, encontra-se com a sua filha de sete anos – pela primeira vez em quase sete semanas. A pequena Ruby Cave normalmente vive a tempo inteiro com a mãe, Lisa Cave de 40 anos de idade, que trabalha como auxiliar de saúde num lar de pessoas portadoras de deficiência. Ruby sofre de asma grave e problemas respiratórios e, devido à natureza do trabalho de Lisa, a mãe acabou por enviar Ruby para junto do pai.1

Interpelação

«Eu estou sempre convosco até ao fim dos tempos». Esta é a última frase do Evangelho de São Mateus. Que forte! Como é provocadora esta afirmação de Jesus e ao mesmo tempo tão consoladora. Por um lado, garante que estará sempre no meio de cada um de nós e por outro obriga-nos a redobrar a nossa atenção para o reconhecermos…

O maior desafio da minha vida será encontrar Jesus em todos os momentos… nas consolações e nas desolações,… especialmente, nas desolações. Quando parece que nada faz sentido e quando a frase que mais me vem à cabeça é: “não sinto nada…”, não posso esquecer que a verdadeira Fé não vive apenas das sensações táteis,…vive também de ações, das minhas ações… É preciso ir mais a fundo… e questionar-me se estou a fazer o que Jesus me mandou, se estou a fazer a Sua Vontade, e acreditar que nas consolações e nas desolações Ele está sempre à minha espera, pacientemente… para que, à semelhança da mãe desta notícia, me possa abraçar ternamente.

  • E eu? Acredito que Jesus me acompanha em especial nos momentos mais difíceis?
  • O que é que sinto que Jesus me pede? O que é que sou chamado a fazer?
  • Já parei hoje para dar conta da presença de Jesus junto de mim?

Desafio

Hoje, procura parar durante 15 minutos do teu dia para simplesmente estar na presença de Jesus. Não é preciso dizer nada, nem fazer absolutamente nada. Confia no Espírito e procura fazer silêncio interior, escutando o teu coração. É só preciso estar e fazer companhia a Jesus. Ele espera-te.

1 https://www.msn.com/pt-br/noticias/watch/ap%c3%b3s-50-dias-profissional-de-sa%c3%bade-abra%c3%a7a-a-filha/vp-BB14i8z1

X