Ecos Vigias…

Vigias no Linhó

Vigias_Linhó1 O tema deste ano para os Vigias era: AMIZADE CLIKITOC

Ao longo da semana viveram-se momentos muito interessantes: de oração, de descoberta de si próprio, dos outros, de Jesus, do Mundo e da nossa Santa Paula, sempre numa atitude de descobrir como a amizade é importante ao longo da vida… Mas é preciso saber parar, para escutar… Toda a semana se foi vivendo a partir do Evangelho da Pesca milagrosa e chamamento dos discípulos (Lc 5 1-11), porque também nós todos fomos chamados a deixar tudo e a seguir Jesus…Vigias_Linhó2

Houve, alguns momentos em que todos puderam dar asas à sua imaginação e apresentar os ricos talentos que o nosso Bom Deus nos concedeu, assim como momentos de grande diversão… No último dia encerrámos com a Eucaristia com todos os pais presentes, seguindo-se um almoço de conví­vio entre todos.

No dia em que fomos à praia, construí­mos o coração dos amigos de JESUS…

Na Equipa éramos 4 doroteias – Alcina, Francisca, Orlanda, Paula Susana –  e 7 jovens. Ao todo eram 34 adolescentes de vários locais.

Vigias no Sardão – Testemunho dos animadores mais novos

O Campus: Uma experiência diferente

Embora fôssemos três a embarcar nesta aventura, apenas um de nós tinha uma pequena ideia de como poderia ser esta semana na perspetiva de animador. Como de costume, os animadores chegaram um dia mais cedo para reunir e acertar os últimos pormenores, e foi aí que nos sentimos mais Vigias_Sardão2inseguros, também pelo facto de sermos os animadores mais novos. No entanto, quando distribuíamos tarefas e vimos uma equipa a trabalhar, a sensação que tivemos foi que, apesar do que nós poderíamos pensar, as coisas estavam bem encaminhadas. Sensação essa que se tornou ainda maior quando vimos os miúdos a chegar e a transbordar de alegria e entusiasmo.

No decorrer da semana, momento após momento, ambientámo-nos e coVigias_Sardão1meçámos a perceber a dinâmica dos Campus que não correria tão bem sem a equipa incrível de animadores e animados. Foi uma semana que nos ensinou imenso, que nos ajudou a ver as coisas de outra forma e a estar do outro lado, do lado de quem coordena e organiza as atividades. Ser animador de um campus recompensa-nos, por cada sorriso, por cada gesto de carinho deles para connosco, por cada gargalhada e porque no final da semana não há nada melhor que os abraços de despedida e um “Obrigado” sorridente de quem nos quer voltar a ver no próximo ano.

Por fim, se no iní­cio existia um receio, agora existe uma vontade enorme de repetir esta semana, que embora tenha tido os seus momentos menos bons, é lembrada pelos melhores!

“O Campus é uma aventura, que ninguém deve perder, então olhem, para o ano voltamo-nos a ver!”

Ana Rita, Gonçalo e Inês (Vigias, Sardão 2017)