Votos Perpétuos da Irª. Maria Francisca

DSC04613

“Recebestes de graça, dai de graça!”

No dia 17 de dezembro de 2016, na Capela do Colégio de Santa Doroteia-Lisboa, a Ir. Mª Francisca celebrou a sua consagração total e definitiva a Deus.

Este dia foi vivido em espírito de família, alegria e ação de graças por este seu ‘SIM’ ao chamamento de Deus.

 

“- Nesta hora e com a minha vida

O meu coração Te agradece

Tudo quanto de Ti recebi…

 

– Te agradece o dom da Fé

Que semeaste em mim…

Recebe-o, Senhor… é Teu…

E fá-lo crescer mais em obras que em Palavras

 

– Te agradece o dom da Alegria

Com que me criaste…

Recebe-o, Senhor… é Teu…

Fá-lo sinal de uma Alegria ainda maior que és Tu em mim…

 

– Te agradece o dom da Fraternidade

Que me faz sentir todos como Família em Ti…

Recebe-o, Senhor, é Teu…

E faz-me cada vez mais livre para ser toda para todos por Ti e em Ti…

 

– Te agradece o dom de Olhar para além do visível

Que me faz descobrir a beleza escondida por detrás das aparências…

Recebe-o, Senhor, é Teu…

E transforma-o num olhar que procura mais olhar como Tu olhas cada pessoa

Com compaixão, com respeito, com amor, com Esperança…

 

– Te agradece o dom da Simplicidade, da pequenez

Que Tu mesmo me ofereceste e que me faz valorizar o essencial,

o quase invisível, o comum e quotidiano…

Recebe-o, Senhor, é Teu…

E torna-o cada vez mais ‘afinado’ para que Te possa encontrar

na brisa suave, no gesto simples, no silêncio que fala, na música que soa…

 

– Te agradece o dom do Serviço

Com que me fazes perceber o valor incondicional de ser e estar disponível

para tudo e todos, em especial os jovens e os mais frágeis…

Recebe-o, Senhor, é Teu…

E fá-lo crescer cada vez mais na prontidão

para ir e estar onde Tu me queres a servir…

 

– Te agradece o dom da Família

Em que me fizeste crescer e me faz ser quem sou…

Recebe-o, Senhor…

E Ti a confio de novo…

 

– Te agradece o dom da Escuta atenta de Ti

Que pela oração é o nosso tempo, tempo em que me fazes crescer em Ti e para Ti…

Tempo em que no silêncio ou na Palavra me mostras o Teu caminho… a Tua Verdade… a Tua Vida…

e me revelas o Teu Amor que me faz Amar-Te e querer levar-Te aos outros…

Recebe-o, Senhor, é Teu…

faz-me sempre fiel a ele… a Ti…

 

– Te agradece o dom da Vida…

Recebe-o, meu Jesus… é Tua

Fá-la consumir-se por Ti…

 

… porque de Ti escuto: ”Recebeste de graça… dá de graça!” (Maria Francisca Dias)